3 Dicas para combater o estresse infantil

3 Dicas para combater o estresse infantil

Uma pequena prova de como a sociedade mudou em vários aspectos se compararmos com a época de nossos pais, de nossa infância é o fato de se abordar tema como este que vamos tratar neste artigo: “Como evitar o estresse infantil?”.

Até poucas décadas, o que sabemos hoje se tratar de sintomas de estresse seria interpretado, sem medo de equívoco, de birra, manha, falta de educação e a reação típica a esse problema normalmente apenas agravaria o quadro.

Sim, o mundo mudou bastante.

As crianças que antes brincavam livremente nas ruas, hoje vivem reclusas sendo torpedeadas por aplicativos e entretenimentos eletrônicos, as crianças que antes precisavam se dedicar aos estudos apenas no horário da escola para depois ficar horas à toa desenvolvendo suas próprias percepções sobre o mundo que as cercavam, agora enfrentam jornada dupla ou tripla com cursos complementares extensos e mal têm tempo de notar os acontecimentos na comunidade; as crianças que antes eram cobradas pontualmente ao fim de cada semestre, agora são avaliadas diariamente por uma geração de pais que, acertadamente, estão mais atentos à vida escolar dos filhos.

As nossas crianças vivem em um ritmo e com carga de cobranças muito parecido com a de um adulto, às vezes até mais intenso, e se essa rotina é responsável por desgastar física e  emocionalmente um maior de idade, porque não geraria estresse infantil?

Uma pesquisa levantada por Ana Maria Rossi, presidente da International Stress Management Association no Brasil (Isma-BR), com 220 crianças, entre 7 e 12 anos, nas cidades de Porto Alegre e São Paulo, aponta que 8 a cada 10 casos em que os pais recorrem ao um profissional para avaliar os seus filhos, em razão de alterações comportamentais, são derivados dos males do estresse.

Diante dessa realidade, o que os pais podem fazer para evitar o estresse infantil e como identificá-lo?

Sintomas do Estresse infantil

Abaixo segue lista dos sinais mais comuns de uma criança com quadro de estresse. Mas alerta-se que a identificação de apenas um dos sintomas não significa que seja o caso de estresse infantil. O conjunto desses sinais é que eleva a possibilidade de um problema emocional:

  • Terror noturno;
  • Introversão súbita;
  • Medo ou choro excessivo;
  • Agressividade;
  • Impaciência;
  • Pesadelos;
  • Ansiedade;
  • Dificuldades interpessoais;
  • Desobediência;
  • Insegurança;
  • Hipersensibilidade.
  • Dor de barriga;
  • Diarreia;
  • Tique nervoso;
  • Dor de cabeça;
  • Náusea;
  • Hiperatividade;
  • Enurese noturna (xixi na cama);
  • Gagueira;
  • Tensão muscular;
  • Ranger de dentes;
  • Falta de apetite;
  • Mãos frias e suadas.

Fatores que causam o estresse

Para enfrentar o problema do estresse infantil é preciso identificar os fatores mais comuns que propiciam a instalação da disfunção emocional. Que são:

  • Excesso de responsabilidades;
  • Cobrança diária e exagerada por resultados;
  • Brigas conjugais;
  • Dificuldade de relacionamento com irmãos/colegas.
  • Mortes na família;
  • Mudanças constantes de residência;
  • Restrições advindas por problemas econômicos;

Segue algumas recomendações para pais ou responsáveis para evitar e combater o estresse infantil:

Diminua as atividades

O primeiro passo é identificar exatamente a causa principal que está gerando o estresse. Mas para isso a criança precisa se abrir, relatar o que está ocorrendo, o que nem sempre é um processo simples devido a sua imaturidade ou falta de condições para se expressar.

Como o tempo é algo precioso e o prolongamento desse estado nocivo só pode potencializar os problemas decorrentes do desgaste, a ação mais indicada é diminuir a carga de trabalhos, tarefas diárias do infanto. Mais tempo livre para descansar o corpo e a mente, para refletir, é sempre medida salutar em prol do reequilíbrio emocional.

Cobre adequadamente

Se cobranças excessivas afetam a saúde de adultos, ocasionando crises de ansiedade, depressão, problemas cardíacos e gástricos, o mesmo pode ocorrer com as crianças e para evitar o estresse infantil é mais do que necessário encontrar o tom e a dose adequada para fazer exigências.

Crianças não vão conseguir sempre apresentar os melhores resultados possíveis ou atender as expectativas, porque estão em fase de aprendizado; o erro, a falha é necessária para que possa se desenvolver. Acresce que o desenvolvimento psíquico e motor de cada uma ocorrem em ritmo próprio. Muitas dessas cobranças podem ser injustas em razão de ainda não estarem preparadas para lidar com a situação.

Na dúvida, cobre pelo esforço, não pelo resultado.

Não o mime

Se exigir demais pode ser prejudicial, o inverso também não contribui para evitar o estresse infantil.

Protegê-las de todas as situações que possam enfrentar algum nível de estresse, ceder a todos os seus caprichos, torná-las pequenos imperadores dentro da própria casa fará com que lide muito mal com as ocasiões em que a cobrança seja inevitável, demonstrará baixa resistência, levando-a a comportar-se inadequadamente.

Se não receber orientações corretas em tempo oportuno, enfrentará problemas indigestos no transcorrer da juventude e fase adulta.

Antes de concluirmos, acredito que este conteúdo possa ser interessante: Como o coaching infantil pode contribuir para o desenvolvimento do seu filho.

Conclusão

Para evitar ou enfrentar o estresse infantil necessita-se primeiro diagnosticar o problema. A ocorrência de um conjunto de sintomas pode ser indicativo do transtorno.  Algumas medidas benéficas são:

  • Diminuir a carga de responsabilidades
  • Moderar o nível de exigência;
  • Não mimar demais o infanto.

Achou esse conteúdo interessante? Aproveite para conhecer os serviços de coaching de Moshé Bergel.

Aproveite e participe da nossa palestra online sobre Educação Infantil com PNL, clicando aqui.


Moshé Bergel é formado em coaching pela International Coach Federation (ICF). Treina indivíduos e equipes, na sua maioria pessoas que querem obter sucesso na carreira e ter uma vida feliz. Seus serviços estão cheios de recursos e ele quer ajudá-lo a alcançar seus objetivos de negócios e de vida. Saiba mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *