Agende sua sessão inicial hoje mesmo: (11) 98706-5121

Confira 8 dicas de como superar um trauma

Confira 8 dicas de como superar um trauma

Cada indivíduo responde aos estímulos do ambiente de uma forma diferente. Essa resposta depende de fatores que constituem sua identidade, como personalidade, crenças e valores baseados em experiências passadas. Quando as pessoas não têm recursos emocionais e psicológicos suficientes para passar por uma situação repentina e que causa, entre muitos outros sentimentos, o medo e a impotência, há possibilidades daquele evento ser considerado traumático.

Entre as principais razões de traumas, estão:

  • Abandono
  • Assalto
  • Eventos que apresentam riscos à vida
  • Assédio físico, moral ou sexual
  • Relacionamentos abusivos
  • Intimidação
  • Presenciar desastres
  • Ser testemunha de violência física, verbal ou sexual
  • Perda de um ente querido
  • Negligência
  • Separação dos pais

Porém, muitas pessoas passam por situações como estas e não apresentam nenhum sintoma. Isso acontece porque cada organismo reage de uma forma diferente a estes estímulos. Existem alguns sinais que podem evidenciar a possibilidade de um trauma psicológico e emocional e que podem ajudar você a detectar o problema.

É muito comum, por exemplo, a constância nos pesadelos que relembram o evento. Essa é uma forma do cérebro tentar se recuperar do choque por meio do sistema nervoso. Os pesadelos também podem causar problemas de sono como a insônia e noites mal dormidas, atrapalhando o descanso mental do indivíduo.

Além dos pesadelos e problemas de sono, nosso organismo tenta nos avisar de outras formas que algo está errado. A ansiedade é um dos principais sinais, principalmente se estivermos expostos a situações que nos lembrem do evento traumatizante ocorrido. Sentir-se triste, culpado e entorpecido também é comum. Essas emoções negativas precisam ser combatidas, pois influenciam diretamente na nossa rotina.

É daí que vem o nome trauma, que significa “ferida” em grego. Ele é uma ferida aberta, mas que precisa ser fechada para não prejudicar a nossa vida pessoal e até profissional.

Você pode gostar de ler: Como identificar um trauma? Confira 7 dicas aqui

E existem algumas formas que vão te ajudar a superar esse problema e seguir em frente. Confira 8 dicas.

1. Compreender

O processo de cura se dá por meio da compreensão dos sentimentos e a origem deles. Os primeiros passos para superar um problema como o trauma é entendê-lo e aceitar que ele existe. Além disso, é essencial saber que um trauma se constitui também devido a fatos do nosso passado e feridas mentais que ainda não haviam sido percebidas.

2. O valor das experiências

Com base na compreensão, surge a segunda dica para ajudar você a passar por um trauma: o reconhecimento da importância das nossas experiências. Antes e depois de um evento traumático, o nosso corpo é programado para ter um padrão de emoções e comportamentos.

Para lidar melhor com as experiências, é importante trazer à tona memórias sobre o sentimento em questão e em quais momentos da sua vida ele apareceu. Chegar à raiz do trauma é uma das chaves para superá-lo.

3. Exercícios de respiração

A falta de fôlego é um sintoma muito comum para quem sofre com uma experiência traumática. Por isso, investir em exercícios de respiração, por meio da meditação e mindfulness pode ser uma forma de superar as lembranças negativas vindas desse acontecimento. Outro efeito positivo dessa dica é que você também pode desenvolver técnicas para uma boa noite de sono.

4. Exercícios físicos

Praticar exercícios físicos deve fazer parte da rotina de todas as pessoas e com as que sofrem com um trauma não é diferente. Além dos benefícios ao corpo, você vai estimular a liberação da endorfina, o hormônio do bem-estar. Com isso, você irá distanciar sua mente das emoções negativas por um tempo e diminuir  sintomas como a ansiedade.

5. Autoconhecimento

Investir no autoconhecimento também vai te ajudar a superar um trauma. Isso acontece porque você vai reencontrar-se e estimular a criatividade e harmonia na sua vida. Você pode seguir essa dica por meio de hobbies e atividades que gosta, sejam aulas de culinária a passeios nos museus da cidade. Além de funcionar como uma válvula de escape, você vai aprender a lidar e expressar melhor com o sofrimento e as emoções que surgiram após o trauma.

Converse consigo mesmo e não fuja dos seus pensamentos e emoções. Eles são muito importantes e constituem quem você é, suas conquistas e também o quanto você batalhou para chegar até elas.

6. Autoconfiança

Além de trabalhar o autoconhecimento, você precisa confiar em si mesmo. É necessário acreditar que vai superar o trauma para consegui-lo. Por isso, acredite na sua força como um importante mecanismo para evitar que a dor tome conta e controle a sua vida nos mais diferentes aspectos – sejam interpessoais, pessoais ou profissionais.

7. Traçar metas

Os objetivos são o que nos fazem ter um propósito na vida. Sendo assim, não deixe seus planos de lado por causa do trauma sofrido. Continue sonhando e traçando metas para o sucesso e mantenha sua mente focada em positividade, alegria e confiança. Essa dica vai te ajudar a manter o equilíbrio e harmonia na vida.

Dica de leitura: 5 razões pelas quais algumas pessoas não conseguem atingir seus objetivos

8. Buscar ajuda

Essa é a dica que garante os melhores resultados para quem sofreu um trauma. Procure ajuda de um profissional qualificado e com experiência na superação desse problema. Existem as mais variadas opções de tratamento, portanto conheça suas possibilidades e escolha a que mais se identifica.

A Hipnoterapia é uma das melhores metodologias para tratar os traumas e ajudar os indivíduos a superarem-os e manter o controle sobre os sintomas que os acompanham. A ferramenta é completamente segura e os efeitos são gradativos: ao longo das sessões você pode perceber os resultados rápida e nitidamente.

Esperamos que essas dicas tenham ajudado você a entender como superar um trauma. Não deixe que um evento tenha controle sobre sua vida e seu futuro, garanta você esse poder! Você é forte, só precisa compreender onde buscar essa força e ter fé em si mesmo. Uma experiência traumática não pode definir você, mas pode te tornar melhor, se você souber ressignificá-la. Por isso, dê um novo significado para sua vida e busque ajuda para superar esse problema.

Gostou? Compartilhe em suas redes sociais

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin

Publicações mais recentes

Receba as últimas notícias publicadas

×