Agende sua sessão inicial hoje mesmo: (11) 98706-5121

Os 4 melhores caminhos para quem esta com problemas de relacionamento

Você está passando por problemas de relacionamento? Neste artigo apresento alguns caminhos para poder salvar o seu casamento, uma amizade, recuperar um bom ambiente de trabalho.

Sinais de problemas de relacionamento

Não é necessário ocorrer um evento de impacto, como uma briga, verbal ou física, para perceber problemas de relacionamento.

As brigas normalmente são o desfecho de uma construção, uma sucessão de desentendimentos, mágoas, rusgas, enfim, que vão se acumulando até estourar em ações mais contundentes.

O ideal é evitar que se chegue a esse estado, pois conflitos nessa temperatura deixam marcas difíceis de serem cicatrizadas. Há sinais anteriores a essa fase que indicam problemas de relacionamento e que, portanto, dão um alerta de que algo precisa mudar para a relação não deteriorar até ponto irreconciliável.

Falta de comunicação e interação

Passar o tempo juntos já deixou de ser uma prioridade? Raramente programam algo para fazer juntos, a interação tem ares “robótico”, automático? Sem dúvida, isso não é uma característica comum de pessoas que vivem um bom relacionamento.

Se a relação esfriou a esse ponto, deve se perguntar o que aconteceu, o que está atrapalhando.

Irritação à toa

Tudo o que faz irrita a outra pessoa? Qualquer comentário, mensagem, gesto é motivo de queixa? Um claro sinal de que sua presença incomoda e se antes não era assim cabe uma reflexão do que pode ter motivado mudança tão brusca em relação a sua pessoa.

Desprezo

Percebe que há uma espécie de senso de superioridade entre vocês? Que somente o que o outro fala ou você fala parece importante, digno de nota, de crédito? Nem precisa dizer que não é um ponto em comum com as relações tidas como mais saudáveis.

Infelicidade mesmo sem problemas?

A sua vida está bem. Empregado, com saúde, sem problemas familiares, mas mesmo nesse céu sem nuvens se sente melancólico, triste?

É um indicativo de problemas de relacionamento. Veja, isso pode ocorrer mesmo sentindo que ama o seu parceiro ou parceira. Se sentir infeliz não é indicativo de que deixou de amar, mas que algo não vai bem e necessita de mudanças.

Quais são os caminhos para lidar com problemas de relacionamentos?

Pois bem, você identificou um ou todos esses sinais e concluiu de que vive problemas de relacionamento. E agora? O que fazer? Quais são as opções?

O que parece mais lógico nessa situação é o diálogo, ter uma conversa franca, mas você precisa se preparar minimamente para não pisar em calos errados.

O que você vai dizer, o que você está disposto a abrir mão, a mudar? Terá condições de avaliar quem está certo ou não e precisa estar alguém certo? Afinal, no caso de casais, o que importa mais é o sentimento, ainda que a razão não possa ser desprezada.

Antes de iniciar essa conversa importante e se precipitar por não estar preparado, por não ter refletido bem sobre o seu papel, não ter se colocado no lugar do outro, faço as seguintes recomendações.

Leia livros sobre o assunto

Livros que abordam questões de relacionamentos, crises conjugais, comunicação com outras pessoas, trabalho em equipe sem dúvida são ótimas referências para aprender mais sobre o assunto, entender os principais erros, o que costuma dá certo e errado.

Livros escritos por especialistas, como psicólogos, e pessoas com vasta experiência em gestão de equipe.

Empresários, esportistas, diretores etc. são as melhores escolhas. Se você quiser dicas de livros sobre o tema, deixe nos comentários ou entre em contato comigo nas minhas redes sociais.

Compartilhe experiências

Conversar com pessoas que passaram por problemas de relacionamento e superaram a crise com certeza é outra boa fonte de consulta. “A voz da experiência” conta muito e serve de farol.

Familiares e amigos são os caminhos mais naturais, no entanto, grupos de discussão da internet também têm o seu valor. Contudo, busque fontes diversificadas de informação para não ser induzido a enganos.

E se nada der certo?

Se mesmo depois de você ter pensando muito a respeito, lido livros, conversado com pessoas e tudo que aprendeu e pôs em prática não deu certo? Se a relação continua em péssimo estado e só deteriorando? Não há mais nada a se fazer?

Sim, felizmente tem. Essa é a boa notícia. A má notícia é que provavelmente o seu caso se trate de um problema de alta complexidade e por isso de difícil resolução, principalmente de se tentar resolver sozinho.

Para esses casos o mais recomendado é procurar por ajuda profissional.

Constelação familiar

Já ouviu falar da constelação familiar? É uma terapia indicada para problemas de relacionamento com familiares.

Criada pelo psicoterapeuta alemão Berth Hellinger, a constelação familiar trabalha com a ideia de que quando alguém tem um conflito deve buscar entender essa questão dentro do sistema de relação que está inserido.

Busca analisar os eventos passados, os de maior impacto e como repercutem na vida dos presentes até hoje e como afetam a relação entre eles. Esses episódios costumam ser representados pela própria pessoa em exercícios lúdicos ou por objetos.

Há duas formas de sessões da constelação familiar: individual, que pode ser feito presencialmente ou online, e em grupo, onde os participantes interagem para descobrir os traumas passados e depurá-los.

É uma técnica que costuma apresentar resultados significativos logo na primeira sessão e recomendo fortemente para quem já tentou de tudo e não conseguiu pacificar o ambiente em casa ou no trabalho.

Hipnoterapia

Outro tratamento que recomendo para os que já não sabem o que fazer para resgatar o bom relacionamento com o parceiro ou parceira é a hipnoterapia.

Se trata de um tratamento que usa a hipnose como ferramenta terapêutica.

O que pode está atrapalhando o seu relacionamento é um bloqueio interno originado de traumas passados, seja na infância ou em algum outro momento de sua vida.

Esse bloqueio acaba dificultando a comunicação com a outra parte, afetando sua autoestima, abalando sua confiança.

Para resolver essa questão é necessário identificar nas suas lembranças o evento que desencadeou essa trava emocional, investigar o seu passado e ressignificá-lo para melhorar o bem-estar no presente.

A hipnose é uma ótima aliada para resolver conflitos internos, pois ela auxilia a pessoa a “viajar no tempo”, a voltar no passado ao pô-la em estado de hiperconcentração em relação as suas lembranças, induzi-la a acessar o subconsciente, o local em que se registram as memórias mais primitivas e reprimidas do ser.

O hipnoterapeuta durante as sessões orienta o paciente nesse estado a relembrar o seu passado e junto com a ele identificar a origem de seus traumas. Com o mesmo sob o estado hipnótico, aplica exercícios mentais para que a mente possa reinterpretar esses episódios e assim causar a cura de seus conflitos internos.

A hipnoterapia vem se popularizando por apresentar resultados notórios em poucas sessões e não precisar submeter o paciente a ingestão de medicamentos fortes (pois oferecem risco de gerar dependência no futuro).

Entre em contato para resolver seus problemas de relacionamento

Eu sou Moshé Bergel, hipnoterapeuta formado na escola de hipnose mais antiga do mundo e também especialista em aplicação de constelação familiar. Se você está com problemas de relacionamento, já tentou de tudo e não consegue encontrar soluções, entre em contato que posso te ajudar a reencontrar os melhores dias com sua pessoa querida.

 

 

 

Gostou? Compartilhe em suas redes sociais

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin

Publicações mais recentes

Receba as últimas notícias publicadas

×