Agende sua sessão inicial hoje mesmo: (11) 98706-5121

Como a hipnoterapia pode ajudar na prevenção ao suicídio?

Como a hipnoterapia pode ajudar na prevenção ao suicídio?

O mês de setembro é marcado por uma campanha pela vida promovida pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). O Setembro Amarelo, como é conhecido, tem como objetivo o combate ao suicídio a partir da divulgação de informações para a população.

A iniciativa é uma medida importante para quebrar o tabu e debater o tema, conscientizando os brasileiros. O país registra aproximadamente 12 mil suicídios por ano, principalmente entre os mais jovens – mas pode acontecer em todas as idades. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que nove em cada dez mortes por suicídio podem ser evitadas e, por isso, as campanha de prevenção são tão importantes.

Reconhecer os sinais de alerta para problemas que podem acarretar em suicídio é um passo essencial para preveni-lo. Se você apresenta – ou conhece alguém que apresente – um ou mais desses sintomas e eles são persistentes, buscar ajuda é um passo importante. Confira alguns deles:

  • Isolamento
  • Mudanças marcantes de hábitos
  • Piora no desenvolvimento profissional ou escolar
  • Mudanças repentinas de humor
  • Dificuldade em manter a concentração
  • Perda de interesse por atividades que antes eram prazerosas
  • Mudanças no sono ou apetite

Quase 97% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais: em primeiro lugar a depressão e, em terceiro, o abuso de substâncias – duas causas que têm como característica a incapacitação e dificuldade em manter uma rotina saudável e equilibrada. A hipnoterapia é uma ferramenta que pode ser aliada na prevenção ao suicídio, visto que pode ajudar no tratamento desses problemas de forma eficaz e rápida.

Essa metodologia terapêutica tem como objetivo lidar com a origem dos problemas e encontrar as melhores maneiras de superá-los e evoluir em todas as áreas da vida, encontrando o bem-estar e plenitude. Entenda como a hipnoterapia pode ajudar na prevenção ao suicídio a partir do tratamento das principais causas do problema.

Depressão

A depressão é uma doença que tem como principais sintomas a angústia, fadiga, problemas do sono e apetite, baixa autoestima, dificuldades de concentração e pensamentos pessimistas. Além disso, ela causa a perda de interesse do indivíduo em atividades prazerosas, dificultando a vivência de uma rotina harmoniosa, estável e tranquila.

Por meio do tratamento da hipnoterapia, as causas da depressão vão ser identificadas e ressignificadas. Isso acontece por meio do acesso ao subconsciente do indivíduo e a superação de bloqueios comportamentais e sentimentais. Vencendo hábitos, crenças e valores negativos, o indivíduo vai conseguir ter uma visão mais positiva do mundo e viver de forma mais equilibrada.

As experiências passam, então, a ser vistas como uma forma de aprendizado e os sentimentos negativos sobre elas são neutralizados. A partir daí, o indivíduo vai conseguir projetar um futuro mais positivo e traçar metas e planos para evoluir.

Abuso de substâncias/vícios

Os vícios em substâncias são, normalmente, resultados da fuga da dor ou busca do prazer. A dependência é um fator incapacitante, visto que os indivíduos não conseguem realizar suas atividades do dia-a-dia com a mesma facilidade de antes e isso tem interferência negativa na vida profissional e interpessoal.

Mas como é possível identificar um vício e diferenciar do uso recreativo? Algumas características precisam ser observadas no dependente químico, como: compulsão para usar a substância, dificuldades em controlar o comportamento, estado de abstinência fisiológica, evidência de tolerância – necessidade de aumento da dosagem – e abandono de outras atividades que antes eram prazerosas.

A hipnoterapia é uma ferramenta que, a partir da exploração do subconsciente do indivíduo, vai ajudá-lo a entender o porquê do vício e a desenvolver outras habilidades para solucionar esses conflitos internos. Dessa forma, a técnica busca fortalecer outros vínculos na vida do dependente químico e aumentar a autoconfiança e autoestima, necessárias para ele entender que pode superar esse ciclo vicioso e viver uma vida plena e feliz.

O tratamento da depressão e dos vícios através da hipnoterapia, além de ser um aliado na prevenção ao suicídio, também ajuda o indivíduo a melhorar seu desempenho pessoal e profissional. Autoconhecimento, controle das emoções e pensamentos e desenvolvimento de uma rotina mais saudável são algumas das vantagens da metodologia.

A prática promove a consciência dos limites de cada um e evita que o impulso seja um fator determinante na vida do indivíduo. A evolução é percebida durante as sessões de hipnoterapia e a sensação de bem-estar passa a se difundir. Explorar experiências passadas é muito importante para a compreensão dos problemas e solução destes.

É importante entender que o indivíduo tem consciência durante todo o processo da hipnose. Essa consciência é essencial para que ele tenha mais clareza dos pontos abordados e consiga perceber a importância de mudanças significativas na sua vida e aplicá-las. A hipnoterapia promove o relaxamento físico e mental necessários para que o indivíduo tenha mais facilidade de buscar as informações e experiências importantes no subconsciente.

Além de buscar o tratamento adequado, se você acha que está passando por uma fase difícil e apresenta alguns dos sintomas citados, existem outras coisas que você pode fazer, como:

  • Conversar sobre seus sentimentos com alguém em quem confia
  • Tentar comer e dormir regularmente
  • Procurar praticar atividades prazerosas
  • Manter o vínculo com familiares e amigos que fazem você sentir-se bem
  • Fazer exercícios físicos regularmente
  • Evitar ou diminuir o consumo de bebidas alcoólicas

Uma outra medida importante é procurar o Centro de Valorização da Vida (CVV), que realiza apoio emocional e prevenção ao suicídio pelo telefone, e-mail, chat e em postos de atendimento. O número para contato é o 188, e mais informações podem ser acessadas no site www.cvv.org.br. A divulgação desta plataforma e de qualquer outro meio de prevenção ao suicídio é essencial para evitar esse tipo de morte.

Se você vive algum desses problemas ou conhece alguém que está passando por eles, procure ajuda. Faça aqui o seu agendamento e entenda de que forma a hipnoterapia pode ajudar a tratar depressão e vícios.

Gostou? Compartilhe em suas redes sociais

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin

Publicações mais recentes

Receba as últimas notícias publicadas

×